Obra Social Dom Bosco Itaquera

 

A Obra Social Dom Bosco é uma associação civil de direito privado, de natureza confessional, de caráter assistencial e educacional, sem fins econômicos e/ou lucrativos, com atividade preponderante na área de ASSISTÊNCIA SOCIAL, por meio da garantia, defesa de direitos da criança e do adolescente, no atendimento e assessoramento às famílias e indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade, risco pessoal e social, além de operar na concessão de benefícios, em sintonia com as normas que regem a Política Nacional de Assistência Social e em observância à legislação vigente.

Embora fundada em 1937, com o nome de Instituto Salesiano São Francisco, foi a partir de 1981, com o início de sua ação em Itaquera, periferia da Zona Leste da Capital de São Paulo, que a Obra Social Dom Bosco tornou-se uma referência no Estado de São Paulo na realização de ações socioeducativas. Atualmente, atende aproximadamente 5000 pessoas diariamente em diversos serviços e programas.

Aprendemos, com o tempo que, a partir de um ideal, fica possível transformar o dia-a-dia de toda uma região. O nosso trabalho pode ser medido em resultados concretos e números, pois foram atendidas mais de 417 mil pessoas, realizados mais de 28 milhões de atendimentos e quase 58 milhões de refeições servidas em 17 espaços educativos e comunitários, nos bairros de Itaquera e Guaianases, ao longo destes anos, incluindo a Associação Beneficente Bom Pastor e Imaculada Conceição.

Em 2019, foram atendidas 23.681 pessoas, realizados 1.181.400 atendimentos e servidas 2.061.291 refeições. Porém, a melhor forma de entendermos a importância da tarefa que escolhemos por vocação é quando um jovem retorna e diz que, se não fosse a oportunidade a ele oferecida, não teria conseguido melhorar sua qualidade de vida, bem como de sua família, de forma autônoma e fortalecida.

 

IMPACTOS DA OBRA SOCIAL NA COMUNIDADE

Sabendo do desenvolvimento por que passa a cidade de São Paulo, particularmente, a Zona Leste, onde a Obra Social Dom Bosco se situa, desenvolvimento este em que tivemos papel fundamental na participação e articulação, a nossa visão é pautada na apropriação desse desenvolvimento por parte das famílias atendidas, de forma a não serem expulsas pelo mesmo.

A família é o foco de nossa prática pedagógica, sendo considerada: “sujeito” e não mera beneficiária do trabalho socioeducativo, muito menos “problema”. Dessa forma, ela passa a ser o eixo articulador de todos os serviços e programas existentes, sendo a principal preocupação e fonte inspiradora da ação social.

Dessa forma, há um trabalho preventivo e educativo, junto à comunidade, pautado nos princípios de Dom Bosco que se fundamenta no respeito e atendimento aos direitos inerente à pessoa humana, na proteção integral, assegurando-se todas as oportunidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. 

Esse trabalho representa o respeito às relações humanitárias, acredita na promoção da criança, do adolescente, do jovem, do adulto, do idoso e da família como um todo. Visa à formação social e o desenvolvimento das aptidões culturais, profissionais, artísticas e esportivas. Além de estar em plena sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

É importante reforçar que o sucesso da atuação tem sido conquistado com a credibilidade de muitos parceiros que têm investido no trabalho realizado. Assim sendo, os objetivos propostos são plenamente alcançados, por meio do envolvimento e compromisso de todos os colaboradores, norteando ações para atingir as metas dos vários serviços e programas.

 

PROJETOS REALIZADOS PELA OBRA SOCIAL

A influência da Obra Social Dom Bosco, é notória, desde as pequenas ações como festas e movimentos de férias, até grandes ações como a sua participação na efetivação na construção de políticas públicas, elaboração do ECA, articulação para melhoria do desenvolvimento da região (construção de um hospital, posto de saúde, asfaltamento no bairro, extensão de vias públicas), parcerias com escolas públicas e universidades, entre outras. O trabalho da Obra é reconhecido nas esferas públicas e civis. Isto se evidencia por meio de declarações dadas nos meios de comunicação do bairro e do Estado por várias personalidades.

As visitas constantes de representantes de governos internacionais à organização social, quando em visita ao Brasil, para conhecer ações sociais, como o Prêmio Nobel da Paz Dom Ximenez Belo e os governos do Canadá, Alemanha, México e África do Sul, atestam cada vez mais a qualidade do trabalho e sua importância para o bairro, a região, o estado e o país. Evidência esta, agraciada pela colocação do nome de seu patrono na estação Metrô-CPTM do bairro, Estação Dom Bosco, inaugurada em maio de 2000 e pelo recebimento de vários prêmios.

Uma das atividades desenvolvidas pela Obra Social Dom Bosco é, também, contribuir com as discussões e debates que tem como pauta a construção, elaboração, implantação ou implementação de políticas públicas, não só no município, mas nas três esferas de governo.

A experiência mais relevante, neste sentido, foi a liderança na construção de uma política pública na Assistência Social do Município de São Paulo que visasse o atendimento de jovens e adultos por meio de cursos profissionalizantes com uma visão mais socioeducativa e de desenvolvimento social, denominada CEDESP (Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo).

O objetivo do CEDESP é ofertar proteção social a adolescentes, jovens e adultos a partir de 15 anos até 59 anos em situação de vulnerabilidade e risco social por meio de intervenção social planejada que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais e coletivas na família e no território a fim de favorecer aquisições para o alcance da autonomia, do protagonismo, da cidadania, para a equiparação de oportunidades; para o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários e para a garantia de direitos.

A Obra Social Dom Bosco foi a fundadora deste tipo de serviço e, atualmente, tem o maior CEDESP da cidade de São Paulo, atendendo diariamente 1880 jovens e adultos; tendo formado em quase 45 mil pessoas em 40 cursos diferentes. Na Cidade de São Paulo, existem 61 CEDESP atualmente, administrados por diversas Organizações da Sociedade Civil.

Para contribuir com as ações da Obra Social Dom Bosco ou com as demais obras sociais salesianas pelo Brasil sem sair de casa, acesse o Site da União pela Vida (UPV) ou baixe o aplicativo da UPV disponível para Android e iOS.

 

Fonte: Cristiane Vitale – Diretora Executiva Obra Social Dom Bosco

Notícia: Guilherme Freitas, Salesiano de Dom Bosco - Equipe de Comunicação Rádio Dom. 

 

Esta Campanha é uma iniciativa da Inspetoria Salesiana de São Paulo por meio da Rádio Dom em parceria com a Rede Salesiana Brasil de Ação Social e AHAL Designer.